(Carla canalizando)

Eu sou Latwii. Eu saúdo todos com o amor e a luz do Criador infinito. Nós de Latwii estamos extremamente felizes por estar com vocês nesta noite. Estamos estabelecendo contato com este instrumento. Não temos um contato perfeito com este instrumento e por isso vamos condicioná-lo falando por meio dele. Eu sou Latwii. Eu sou Latwii. Eu estou com o instrumento. O contato está se intensificando. Estamos mais satisfeitos agora. Prosseguiremos.

Vimos até vocês não por nós, mas como mensageiros do amor e da luz. É preciso que saibam que vimos apenas em razão desse desejo de ajudar, e não porque lhes desejamos impor algum princípio ou lei que consideramos superior.

Quando entrarem em si mesmos e invocarem a luz do Criador em suas meditações, vocês encontrarão a verdade; não importa se meditam porque nós ou outra fonte de natureza espiritual os motivamos, ou porque um simples infortúnio os levou a refletir sobre o sentido de sua existência. A verdade não está em nossas mãos, nem nas mãos de outros guias espirituais, nem nas mãos do destino. A verdade é a verdade, e será para sempre como um farol diante de vocês, que o seguirão em todo o tempo, aprendendo uns com os outros e compartilhando colheitas de luz ao longo de uma estrada que segue adiante.

Vimos para encorajá-las a meditar e a ponderar nessa meditação um certo conceito. Esse conceito é indescritível, mas nesta noite tentaremos abordá-lo sob a óptica do que vocês chamariam de fé. Minhas amigas, a ilusão nesta específica experiência de seus ciclos de vida é aquela em que leis governam, e estas são vistas como algo positivo. É dito com frequência que sem leis os povos deste planeta se tornariam individualistas demais e, consequentemente, causariam dor uns aos outros. Sem leis, vocês não seriam capazes de conduzir seus veículos com a confiança de que nenhum carro viria na contramão. Pessoas poderiam se apossar de bens de outrem, já que não haveria lei contra roubo.

É assim que se pensa no mundo de vocês; não parece ser possível viver sem leis. Mas afirmamos que existe uma lei maior, minhas amigas, que vai além do conceito humano de lei. É a lei do Pensamento original. Se pudessem entender o Pensamento original, saberiam o que há para saber, e a sua alma não mais viajaria, buscaria, colheria ou compartilharia, visto que seria uma só com todas as que buscam, colhem e compartilham. Se pudessem entender o Pensamento original, vocês não estariam em busca do amor, vocês seriam o amor. O Pensamento original está dentro e não fora de vocês. Quando se olha para o mundo com o Pensamento original no coração, é possível ver o amor. Quando se olha para o mundo sem o Pensamento original, é possível ver apenas a ilusão da desarmonia, e naturalmente surgirá o desejo de usar leis para amenizar a situação. Mas uma vez que se entende o Pensamento original, o mesmo mundo passa a ser visto com olhos que veem o amor.

Então, sem razão ou lógica alguma, o indivíduo descobre que tem fé. Não é fé de que tudo correrá conforme os desejos do legislador. Afinal, o que alguém pode saber sobre as necessidades fundamentais de cada pessoa dentro desta ou de qualquer outra ilusão ou experiência? Não se pode ter fé de que haverá paz. Não se pode ter fé de que haverá harmonia. Só se pode ter fé de que cada pessoa terá o que precisa.

Cada entidade vivenciará aquilo que deve vivenciar para ter a oportunidade de crescer espiritualmente. Não há outra razão para sua existência. O resto desta é escrito no vento e desaparecerá. Como dito em suas obras sagradas, vocês murcharão como a grama do campo. A alma, porém, não murcha. Esta usa cada momento da existência da entidade para tentar entender o Pensamento original e crescer mais perto dele.

Agora pedimos que venham conosco e descansem. Sabemos que cada uma de vocês tem dentro do coração um lugar que está cansado da ilusão. Invoquem a luz, minhas amigas, e venham conosco para um lugar que é todo iluminado, puro e lindamente iluminado pela luz branca do amor. No centro dessa luz existe uma linda e amorosa mãe. Ela é a parte da entidade chamada de Deus que a cultura de vocês não inclui. Ela estende-lhes as mãos e leva-as nos braços. E todas suas fadigas podem desaparecer, porque vocês são embaladas nos braços de sua verdadeira mãe, a mãe do espírito que ilumina sempre seus caminhos – conhecido em suas obras sagradas como Espírito Santo. O deus feminino, gentil e acolhedor está sempre com vocês, sempre pronto para dar-lhes graça, graça para compreender, graça para aceitar, graça para resistir.

O Criador não é masculino nem feminino. O Criador é infinito e invisível. Contudo, ao se manifestar na ilusão de vocês pela fé, na luz e no amor, que são os “materiais” desta ilusão, o Criador desenvolve uma polaridade de poder e sabedoria de um lado, e amor e compaixão de outro. Deixem este ser gentil substituir qualquer medo que possam ter tido do Criador e de Seu julgamento, pois a criação é governada por uma lei do amor, e vocês só conseguem entender essa lei por meio da fé.

Eu deixarei este instrumento por um momento para que aqueles de Laitos possam trabalhar com vocês. Eu sou Latwii.

Pausa

(Carla canalizando)

Eu sou Laitos. Eu também as saúdo com amor e luz.

Seria um prazer se neste momento me permitissem trabalhar com cada uma de vocês no desenvolvimento de suas habilidades para receber nosso contato. Eu gostaria de começar com a conhecida como M. Se ela relaxar, nós a condicionaremos e tentaremos lhe dizer algumas palavras. Ela deve dizer o que lhe é dado sem análises. Eu sou Laitos.

Pausa

Estou novamente com este instrumento. Estamos ajustando nosso contato. Há muita intensidade em torno da área do pescoço. Ajustaremos o contato com a conhecida como M. Pedimos desculpa por qualquer desconforto. Eu sou Laitos.

Pausa

Estou novamente com este instrumento. Agradecemos à conhecida como M o privilégio de trabalhar com ela. Agora gostaríamos de trabalhar com a conhecida como K. Se ela solicitar nosso contato, nós a condicionaremos. Eu sou Laitos.

Pausa

Agradecemos ao instrumento conhecido como K. Estamos muito encorajados, pois sentimos que estamos obtendo um contato mais claro com ela. Agradecemos a ela por trabalhar conosco. Agora gostaríamos de trabalhar com a conhecida como R. Se ela relaxar, sentimos que lhe podemos enviar algumas palavras. Ela não deve analisar nossas palavras, mas apenas dizê-las rapidamente assim que as receber. Eu sou Laitos.

Pausa

Estou novamente com este instrumento. Enviaremos à conhecida como R algumas palavras em sua língua materna para que possa nos entender de forma mais clara. Eu sou Laitos.

R canaliza duas frases em sua língua materna

(Carla canalizando)

Estou novamente com este instrumento. Eu sou Laitos. Nós lhe enviamos mais uma frase para confirmar se ela estava recebendo corretamente. Estávamos falando de luz. Continuaremos brevemente por meio deste instrumento tão somente para dizer que, caso desejem realizar este tipo de serviço, estamos aqui com o propósito expresso de ajudar. Se desejam apenas melhorar suas habilidades de meditar profundamente, a onda de condicionamento também pode ser usada para isso. Esta pode ser usada livremente, mas deve ser solicitada por vocês, pois não desejamos interferir em seu livre-arbítrio.

É um grande prazer trabalhar com cada uma de vocês, minhas irmãs. Obrigado. Eu sou Laitos. Agora vou passar a palavra a Latwii, que está tentando ser sério e teve um sucesso admirável até agora, embora desconfiemos de sua capacidade de continuar assim. Eu sou Laitos. Vamos deixar este instrumento neste momento. Nós as deixamos no amor e na luz. Adonai.

Pausa

Eu sou Latwii. Eu estou novamente com este instrumento. É claro que estamos sendo sérios e não precisamos ser lembrados de nossos esforços por nossos amigos de Laitos. Continuaremos sérios. Estamos sendo sérios. Não fizemos uma brincadeira sequer. Estamos aprendendo a nos comportar adequadamente para que possamos melhor ajudar nossas queridas irmãs do planeta entristecido.

Viram, minhas amigas? Nós conseguimos ser sérios.

Agora gostaríamos de abrir o encontro para perguntas. Vocês têm alguma neste momento?

Enquanto vocês decidem se vão fazer alguma pergunta, responderemos a uma pergunta deste instrumento. Este instrumento gostaria de saber por que estamos falando no lugar de Hatonn.

Estamos falando no lugar de Hatonn devido às dificuldades que este planeta enfrenta atualmente. A situação está muito tensa em várias áreas, e Hatonn está mais uma vez dando o seu melhor para falar com o líder da Rússia e o da China e enviar vibrações de amor e paz a eles. Por ora, ele sente que este grupo não necessita de material introdutório sobre as finalidades da meditação diária, pois as mensagens estão armazenadas em computadores e podem ser dadas a grupos de nível introdutório sem a necessidade de Hatonn trabalhar pessoalmente com a consciência do grupo. À vista disso, ele nos pediu para monitorarmos este grupo e lidarmos com as necessidades de cada um ao longo da jornada espiritual, por sentir que vocês estão individualizados o bastante em suas buscas pelo amor e precisam de um aconselhamento um pouco mais avançado, e nós faremos o possível para lhes oferecer isso.

Aquele conhecido como Hatonn envia seu amor, como sempre. A parte da consciência planetária que não está envolvida nesse grande esforço de enviar amor àquela parte do planeta sempre mantém cada um da consciência do grupo no amor. Assim, basta pensarem naquele conhecido como Hatonn para que sua presença seja sentida e vocês sejam cercados de amor.

Este instrumento solicita mais informações sobre o que vocês chamam de crise. Desculpem-nos, mas não achamos que essa informação seja de natureza espiritual, tampouco achamos ser possível fazer alguma coisa, visto se tratar de um problema de ordem quase planetária a esta altura. Cada um deve olhar para a própria vibração e orar pela integridade e saúde do planeta como um todo e não só por uma região específica dele. Há uma doença que invadiu este planeta chamada ganância. É lamentável, mas é o que é. Portanto, pedimos que se atentem às várias bênçãos que recebem diariamente, para que não façam parte da ganância deste planeta, para que se deem conta da sorte que têm de serem alimentados, vestidos, aquecidos... pois há inúmeras pessoas neste mundo que não compartilham da mesma sorte, e é isso que gera ganância. Se forem gratos, se enviarem vibrações de luz ao Criador e aos seus irmãos e irmãs, vocês farão muito mais pelo planeta do que imaginam. E agradecemos a fidelidade de vocês, pois sabemos que tentarão fazer o que pedimos.

Mais alguma pergunta neste momento?

Eu tenho uma pergunta acerca do nosso sistema solar... [A pergunta é quase toda inaudível. Trata-se de saber se a Terra está se aproximando do Sol e quais as consequências disso.]

Estamos medindo os espectros de luz da oitava de sua existência. Essa é a nossa função primária. Vocês são, na verdade, o primeiro grupo com que conversamos. E não, não estamos sabendo de nenhuma corrida frenética por parte deste planeta em direção ao Sol. Entretanto, o seu sistema solar inteiro está se movendo muito rapidamente para uma nova área de espaço/tempo que se aproxima um pouco daquilo que os ocultistas – como vocês os chamariam – denominam de Sol Central; mas não acreditamos que seja isso o que sua fonte quis dizer. Conforme nosso entendimento, as medidas que você mencionou não são adequadas ou corretas, e são resultantes daquilo que talvez chamem de erro relativístico. A longo prazo, a real tendência é a inércia perder gradualmente sua força conforme o sol planetário, no centro de seu sistema, perde calor. Os aspectos gravitacionais que isso envolve não são compreendidos por seus cientistas. Eles estão tentanto explicar o chamado buraco negro, porém não entendem como este é formado.

Por meio deste instrumento, não seremos capazes de ser claros. Em um encontro em que o canal conhecido como Don estiver presente, teremos o prazer de tentar responder por meio dele, pois sua mente possui um vocabulário adequado para lidar com questões dessa natureza. Este instrumento, por sua vez, tem tanto conhecimento científico quanto uma criança comum de 12 anos. Não iremos muito longe com ela. Lamentamos não poder responder à sua pergunta com mais detalhes.

Há outro aspecto dessa pergunta ou outra pergunta que talvez possamos responder?

Eu ia perguntar sobre os buracos negros... Você quis dizer que não seria capaz de nos falar sobre eles, ou estava se referindo à medição da distância do planeta até o Sol?

Somos incapazes de explicar a física envolvida nos buracos negros por meio deste instrumento, mas a percepção do buraco negro como uma porta de entrada para outras dimensões é uma compreensão adequada obtida intuitivamente por vários de seus cientistas. É o que desejava saber ou gostaria de perguntar mais sobre isso?

Eu acho que eu não entenderia o que são ainda que me explicasse.

Esse é o problema deste instrumento, mas acreditamos que o instrumento conhecido como Don possa explicar a fascinante física envolvida nisso, uma vez que ele tem a habilidade de imaginar o que estamos falando. Por outro lado, este instrumento tem uma mente que de certa forma se assemelha a um buraco negro quando tentamos lhe transmitir esta informação, porém vazio. Nós gostamos muito deste instrumento, mas devemos dizer que ela está mais preparada para lidar com a Filosofia do que com a Física.

Há outra pergunta neste momento? Daremos o nosso melhor, meus amigos.

Existem habitantes ou tem algo acontecendo no centro da Terra que você possa nos dizer?

Podemos dizer o que era e não o que é, porque o que é não é mais. Há milhares e milhares de anos, existiu uma civilização que sobreviveu a um dilúvio. Era uma civilização avançada, porém não era orientada positivamente e acabou se destruindo. Seus remanescentes permaneceram por muitos anos: eram máquinas, algumas delas destrutivas, que ao longo de intermináveis anos, como diriam vocês, foram deixando de funcionar.

Como podem ver, este planeta passou por momentos difíceis e vem lutando há muitos, muitos ciclos contra a tendência de se tornar negativo, mas sem nunca se tornar verdadeiramente negativo, sempre se apegando a um ideal do bem que continuamente o livra de se tornar um planeta sombrio. Isso faz dele um planeta triste, sofrido, incerto de seu destino e sedento de melhorias. E estamos aqui porque ainda há esperança em seus povos. Há pessoas para serem salvas. Nem tudo é sombrio neste planeta. E estaremos aqui ao longo dos próximos anos para ajudar aqueles que buscam a luz.

Em resposta a uma pergunta deste instrumento: não, não tentamos ajudar essa civilização, pelo fato dela ter tido desejo por negatividade, e não temos permissão para infringir o livre-arbítrio. No entanto, enquanto sucumbia, essa civilização pôde ver as consequências de sua negatividade recaindo sobre os próprios indivíduos, destruindo-os, e arrependeu-se. E assim, mais uma vez, este planeta foi salvo. Vocês, meus amigos, como planeta, têm muito mais chance do que eles tiveram, pois vocês nunca abraçaram a escuridão; apenas, como povo, nunca abraçaram a luz totalmente.

Mais alguma pergunta, meus amigos?

Anos atrás, quando vimos uma forte luz nos seguindo... você sabe dizer o que era?

Estamos vendo isso em sua memória. Sim, minha irmã, podemos dizer o que é, já que não vai interferir em seu crescimento espiritual. Havia uma lição para aprender naquele momento de sua existência, e o seu eu superior estava muito próximo. Este assumiu a forma de anjo, viajou em um corpo de luz e lhe deu um sinal. Não é o que considera ser um OVNI. Em outras palavras...

Fim da fita